Preocupante quando acomete qualquer pessoa, a falta de ferro é mais recorrente no caso das gestantes.

O ferro é a molécula básica da hemoglobina, que transporta o oxigênio pelo sangue. Como o feto tem uma demanda muito grande de oxigênio para se desenvolver, as mães acabam ficando carentes dessa substância durante a gestação.

Diagnosticada através de exame de sangue, quando a anemia é grave, pode trazer riscos para a mãe e para o bebê, como fraqueza, atraso no crescimento e até parto prematuro.

Sintomas

Os sintomas da anemia variam de acordo com a gravidade da doença. Em uma anemia leve, a gestante pode sentir apenas um leve cansaço, já em anemias médias e graves, outros sintomas aparecem, como:

– Sono.
– Falta de ar.
– Fadiga.
– Apatia.
– Mucosas descoradas (gengivas e parte interna o olho).

Como descobrir a anemia

O exame de sangue de rotina feito durante o no pré-natal, conhecido como hemograma, verifica os níveis de hemoglobina da gestante e é capaz de detectar uma anemia.

Ainda que seja normal que os índices de ferro e hemoglobina no sangue caiam um pouco durante a gravidez, uma vez que há muito mais líquido no sangue diluindo a concentração de glóbulos vermelhos, se os níveis estiverem muito baixos, é hora de iniciar o tratamento.

Tratamento e prevenção

O tratamento padrão para a anemia é a suplementação de ferro via alimentação e suplementos, no entanto, dependendo da gravidade do caso, o médico pode receitar também a medicação intravenosa.

Na alimentação, é recomendado o consumo de verduras de folhas escuras, cereais enriquecidos com ferro, carne vermelha magra, frutos do mar, feijão e beterraba.

Algumas vezes, a suplementação pode causar prisão de ventre, por isso é importante aumentar o consumo de fibras e de água durante o tratamento.

Durante o pré-natal, os exames de verificação dos níveis de hemoglobina no sangue das gestantes, assim como exames para a detecção dos depósitos de ferro no organismo devem ser feitos, obrigatoriamente, em todas as fases da gravidez. Se os exames não forem pedidos pelo médico, a própria grávida deve fazer a solicitação.

Por fim, existem mulheres mais propensas a desenvolver anemia durante a gestação, como as que adotam a dieta vegetariana, que costumam apresentar deficiência de ferro ou que passaram por procedimentos cirúrgicos que dificultam a absorção de nutrientes pelo organismo, como a cirurgia bariátrica ou cirurgia de redução do estômago.

Quer ler mais textos sobre saúde e gravidez? Acompanhe os outros textos do Nove Meses.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here